Eleições em BH: Áurea defende política integrada para despoluição da Pampulha


Por Thaís Mota
10/06/20 – 13h15

Considerado patrimônio cultural da humanidade, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha é tema recorrente entre os candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte. Uma das propostas da deputada federal Áurea Carolina (PSOL) para a região envolve uma política integrada com outras prefeituras da Grande BH para viabilizar a limpeza da lagoa.

“Primeira coisa é a discussão de uma política de águas em Belo Horizonte junto com a região metropolitana porque a bacia hidrográfica não se restringe aos limites do município. Então, na questão da Pampulha especificamente, a gente precisa ter uma construção política mais avançada com a prefeitura de Contagem ”, pontuou.

Ela destacou ainda a existência de um consórcio intermunicipal para tratar do tema, mas disse que a iniciativa não avança por falta de orientação política e investimentos à altura da necessidade daquele problema que se arrasta por tanto tempo, da lagoa da lagoa e do tratamento do esgoto ”. Ela propõe que a prefeitura da capital tomo frente “liderando uma articulação com os demais municípios da região metropolitana” para a criação de uma política de proteção ambiental.

Para além da despoluição da lagoa, a candidata se destaca em seu plano de governo propostas para desenvolvimento turístico da região. Mas, ela pontua que essa política tem que calcada em formas de democratização do turismo e da cultura em Belo Horizonte.

“O turismo também precisa ter uma vocação de correção de desigualdades socioeconômicas. Não dá para pensar em um circuito elitista de turismo, como foi a construção que predominou em Belo Horizonte em relação à Lagoa da Pampulha. O reconhecimento da Pampulha como patrimônio da humanidade precisa significar um benefício para toda a população de Belo Horizonte. É uma Pampulha de acesso público, um espaço de convivência, de lazer, de produção cultural que traz a memória histórica e torna tudo isso um patrimônio comum de verdade para quem vive em Belo Horizonte ”, disse.

A candidata aposta em um desenvolvimento do turismo na Pampulha a partir da vertende ambiental, com o Parque Ecológico, e arquitetônico, considerando a Igreja de São Francisco, a Casa Kubitschek e a Casa do Baile.



Fonte: Link do post Completo

Comments are closed.