Guarulhos vai atender a um limite que atrasa a recuperação econômica da cidade e a abertura de restaurantes


A Prefeitura de Guarulhos também colocará 100% da frota de ônibus em operação. Foto: Divulgação.

Previsão era da terceira fase que teve início na segunda-feira, ou que não ocorreu

JESSICA MARQUES

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa, conhecido como Guti, anunciou na noite desta sexta-feira, 03 de julho de 2020, que receberá uma limitação da organização da cidade para seguir as determinações do governo estadual, que colocará a cidade na fase laranja do Plano São Paulo.

A previsão de que a terceira fase da reforma econômica deve ser iniciada na próxima segunda-feira, 06, quando ocorrerá a liberação do funcionamento dos restaurantes. Agora, uma reabertura não ocorre mais nesta data.

De acordo com o chefe do Executivo, porém, o município recorrerá da decisão na próxima semana. “Os leitos disponíveis em Guarulhos permitem que você continue com uma formatação responsável, por isso, continue lutando pelos clientes”, afirmou Guti.

O QUE FUNCIONA

Na fase laranja, que município deve seguir agora, os centros de compras, galerias e consumidores participantes usam apenas 20% da capacidade total e com horários reduzidos a 4 horas seguidas de funcionamento, com proibição de abertura das praças de alimentação, segundo a Prefeitura.

Por sua vez, o comércio e o setor de serviços também podem funcionar apenas 4 horas por dia, com 20% da capacidade total. Os recursos têm a opção de trabalhar 6 horas por dia, por quatro dias na semana, desde que o atendimento presencial seja suspenso nos outros três.

“Todos os requisitos devem seguir as determinações de assepsia e cuidados com o distanciamento. Ainda está proibida a abertura para consumo em bares e restaurantes locais, salões de beleza e barbearias, academias de esportes em todas as categorias e outras atividades que gerem aglomeração ”, detalhou a Prefeitura, em nota.

TRANSPORTE COLETIVO

A Prefeitura de Guarulhos também vai colocar 100% da frota de ônibus em operação. A administração municipal informou ao Diário do Transporte, em 30 de junho de 2020, que vai decidir uma decisão liminar da Justiça que estipula ou percentual.

Na ocasião, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que em dez dias a Prefeitura de Guarulhos coloque todos os veículos de transporte coletivo para operação. A decisão tem como objetivo evitar aglomerações no transporte, uma vez que há mais pessoas na rua com flexibilização.

Dezembro: Prefeitura de Guarulhos acata decisão liminar e coloca 100% da frota de ônibus em operação

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe uma reportagem nas redes sociais:



Fonte: Link do post Completo

Comments are closed.

Call Now Button